MENU

Pizzaria Vezpa

268
1

A pizarria Vezpa chegou a mim com o desafio de automatizar o processo de novas franquias da rede. Este processo era lento, confuso, e muito sujeito a erros, pois se valia de troca de telefonemas e de emails, que sempre podem se perder na caixa de entrada.

O primeiro passo foi uma conversa com os responsáveis por este processo do lado da Vezpa.  Foi feito um levantamento do fluxo off line, e através da conversa foi possível identificar alguns pontos chave para o sucesso do processo. Desse levantamento foi desenhado um fluxo, com o objetivo de que todos as partes envolvidas (desenvolvedores, designer e gerentes da Vezpa) ficassem na mesma página.

Depois houve mais uma conversa, desta vez com os gerentes da Vezpa e os advogados responsáveis. O processo de franquia nada mais é que juntar todos os dados e documentos necessários para se montar o contrato de franquia, dentro dos trâmites legais inerentes ao processo. Portanto o entendimento das implicações jurídicas por parte do designer e dos desenvolvedores é crucial  para a criação deste produto.

Os envolvidos no processo de franquia são: a empresa (área comercial), o jurídico e o candidato. Infelizmente não foi possível conversar com nenhum candidato à franquia, então o recurso usado para extrair informações sobre essa persona foi através da visão das outras duas personas: o jurídico e o comercial da Vezpa. Não é o ideal, mas como a troca dos três é grande durante um processo de franquia, é melhor do que nada :).

Com essas informações em mãos, foi desenhado um diagrama de atividades, detalhando a jornada de cada uma das persona, agora já pensando em como será o processo on line. Através desse diagrama de atividades foram desenhados fluxos para dois sistemas distintos: um para o candidato à franquia e outro para o comercial da Vezpa. No sistema do candidato, ele poderá não só informar os seus dados e enviar seus documentos, como pode verificar o status do processo. No sistema do comercial, ele pode gerenciar a candidatura analisando dados e documentos, aprovar as etapas do processo e até negar candidaturas.

Já com o fluxo em mente, foi desenhado um protótipo em alta fidelidade utilizando as ferramentas: Sketch para desenhar e InVision para montar o protótipo da interface do candidato à franquia. Eu acredito que não foi a melhor estratégia para este estágio, pois as ideias ainda estavam um pouco cruas e é mais trabalhoso gerar alternativas no Sketch do que com papel ou um programa de prototipagem de baixa fidelidade. Foi um pedido do cliente, e pedido do cliente não se nega :P. O lado bom é que grande parte do protótipo foi reaproveitada para o desenho visual da interface.

Este era pra ser um projeto rápido, mas se mostrou bem robusto quando foi detectada a necessidade de dois sistemas diferentes e o seu fluxo complexo. A ideia inicial era montar o front end com Bootstrap, e se possível modificar ao mínimo os elementos da interface original deste framework. A entrega tinha que ser rápida. Então o sistema do candidato levou uns retoques para ficar mais adequado ao branding da Vezpa, mas nada muito radical.

O sistema do comercial da Vezpa foi prototipado com Balsamiq e desenvolvido com Bootstrap, pulando a etapa de layout.

Ambos os sistemas se valeram muito do desenho do fluxo, parte fundamental das duas interfaces, que ajuda tanto o lado comercial quanto o lado do candidato à franquia a entender bem em que parte do processo estão e quais as etapas que faltam para finalizar o processo.